Dia chato.

hoje o dia foi foda. foda no sentido neutro da palavra. a palavra foda, pode ter vários sentidos, indo do 8 até o 80.

hoje o dia foi foda [1]:

"...caralho cara, hoje eu ganhei 45 milhões na mega-sena, a aline moraes me deu mole, eu dei um toco nela e ela implorou depois, ganhei um disco de platina com meu cd de cantiga pra bebê, ganhei um mega drive e já veio com a fita do sonic, o los hermanos voltou, o fluminense foi campeão do mundo, meu tio ressucitou e eu tive um casal de filhos..."

esse dia foi FODA de maravilhoso, perfeito, único.

hoje o dia foi foda [2]:

"... poxa cara, trabalhei pra caramba hoje, dei uma topada que doeu muito²²³, o mês nem acabou e o meu dinheiro já, bati de carro, mas só fudeu o pára-choque, rodei pros canas, mas não deu em nada, só tive que perder cinqüentinha. meu carro fudido, tive que pegar um trem, mas já tinham acabado os trens, peguei um ônibus e fui assaltado, cheguei em casa e não tinha comida, tava sem saco pra ir pra cozinha e fui dormir com fome..."

esse dia foi FODA de sofrido, ralação purinha, azarado.

hoje o dia foi foda [3]:

"...[chorando já...] CARALHO BROTHER, HOJE MEU DIA FOI UMA MERDA. PEGUEI MINHA MULHER NA CAMA COM O VIZINHO PANÇUDO QUE PEIDA NO ELEVADOR, MINHA FILHA FICOU GRÁVIDA E NÃO FAZ IDÉIA DE QUEM É O PAI, VI MEU FILHO ANDANDO DE MÃOS DADAS COM UM NEGÃO NA RUA, FUI PERGUNTAR PRA ELE, ELE DISSE QUE GOSTAVA DE DAR E QUE EU NÃO PODIA FAZER NADA QUANTO À ISSO. MEU PAI ME DESERDOU, FUI DEMITIDO PELO MEU CHEFE QUE É UM BOÇAL. LEVEI PORRADA ENGANADO DE UNS TROGLODITAS, E QUANDO ELES REPARARAM QUE NÃO ERA EU O TAL CARA, PEDIRAM DESCULPAS E ROUBARAM MINHA CARTEIRA. FLUMINENSE FOI REBAIXADO PRA SÉTIMA DIVISÃO (SE É QUE EXISTE). MINHA MÃE FINALMENTE ASSUMIU QUE EU NÃO SOU FILHO DO MEU PAI, E QUE ELA TAMBÉM NÃO FAZ IDÉIA DE QUEM É O MEU PAI. A NOTÍCIA BOA É QUE AGORA EU POSSO ME MATAR, SEM DOR NA CONSCIÊNCIA..."

esse dia foi foda de catastrófico, horripilante, a morte à beira do abismo.

então, meu dia foi foda, foda de chato, que seria a quarta definição, mas eu tô entediado. tédio que desencadeou um estresse mortal e uma não-vontade de escrever mais.

não-vontade. tsctsc.
vou dormir cara, tô delirando já.

Reflexão aos 20?

há coisas na vida que são eternas. essas coisas não são apagadas por nada. esses dias que passaram tão rápido, ficam na memória. fica também o pequeno detalhe daquele dia que figura entre um dos melhores da sua vida. não há pai ou mãe, ou papa que consiga apagar. desses dias, sejam eles felizes ou não, - é, porque às vezes, depois de um triste dia, vem uma lição imprescindível, sobre a qual hoje em dia, você se pergunta como conseguiu viver tanto tempo sem saber daquilo - tiram-se os melhores dos melhores amigos, momentos, sorrisos e esporros. eu, em quase completos 20 anos, graças a seja lá quem for, tenho esses momentos guardadinhos aqui.
algumas pessoas me ajudaram de maneira providencial, sem nem perceber o bem que me fizeram naquela ocasião, ou fui eu que tive a chance de ajudar, e não diferentemente deles , sem saber o quanto apoiei, motivei ou fui útil, não pude aproveitar nem uma pontinha dessa satisfação que dá.
o tempo é implacável, disso eu não discordo, mas sempre vai ficar viva a lembrança daquela música, do cheiro ou do clima, das pessoas, uma a uma. a cor da camisa, o corte de cabelo e a forma de pensar. e ainda assim, acreditamos poder reunirmo-nos novamente, e por pra tocar aquela mesma música, vestir a mesma roupa, mas nada será igual. todo momento foi e será único, por isso sempre comigo os terei, como prova de que bem vivida foi essa, tão curta e injusta vida, e a certeza de que o que poderíamos ter trazido de melhor conosco, trouxemos, e levamos, pra onde quer que andemos, e mais ainda, certamente é isso que nos fará ser dos bons, os melhores que poderíamos ter sido, ao chegar o fim da linha.
me orgulho profundamente do que me foi reservado nessa vida.

aqui vai um agradecimento à algumas pessoas, que fazem parte desses escassos, mas incontestáveis, flashes de uma vida perfeita.

obrigado aos de hoje, aos de ontem,
e aos que virão, sejam muitíssimo bem-vindos, queridos.

FODA-SE EU ESCREVO O QUE EU QUISER AQUI. O BLOG É MEU.

quando você não consegue algo, ou algum carro passa na poça bem na sua frente e te encharca, você tem vontade de porrar o primeiro que vem te dar bom dia? é eu também. dá vontade de xingar o tempo todo a rua toda? é, em mim também. ódio. perde alguém importante na sua família, dá vontade de dar um tiro em alguém dentro de um presídio? é, eu também sinto isso. é, eu sinto ódio também, sinto raiva, sinto vontade de quebrar a casa toda. pegar um carro e arrebentar a traseira do primeiro que te fechar, bater, bater muito em alguém até doer a mão. socar a cara daquele caixa de banco mal-humorado porque a mulher dele não quis transar com ele na noite anterior. dá muita vontade de estourar aquela carinha não dá?! é, eu fico raivoso.
aquele flamenguista que ganhou uma partidinha do carioca e vem te encher a paciência dizendo que a torcida dele é a maior e a melhor, eu bateria nele com uma viga cara, juro que bateria e com um sorriso estampado na cara ainda por cima. é dá vontade. muita. mas quando eu penso nas conseqüências, eu paro. paro e raciocino, aí a vaca já foi pro brejo, tu já não faz mais nada disso. pensa em milhões de coisas e desiste porque eles não merecem que a gente perca o nosso precioso tempo com eles, né?! MORAL DA HISTÓRIA: NÃO PENSE, AJA.
 

© Copyright O Céu. . All Rights Reserved.

Designed by TemplateWorld and sponsored by SmashingMagazine

Blogger Template created by Deluxe Templates